Kabbalah Bits (7)

JoyridersSOBRE ALMAS GÊMEAS (*)

Este é um post que procurei escrever com alma feminina, se é que isso é possível para um homem. O sonho de consumo de todo o ser humano, mas particularmente das mulheres, é encontrar sua alma gêmea. Será que elas realmente existem e se sim como encontra-las?

As mulheres costumam idealizar sua alma gêmea como um príncipe encantado, montado num cavalo branco. Esqueça disso. Essa é a imagem de uma paixão. O amor verdadeiro vem montado num pangaré, isso quando não chega a pé…

Vamos idealizar nossa alma gemea. Como homem, eu logo descreveria uma mulher linda, magra, elegante, inteligente, esportiva, rica, com senso de humor e sempre de bem com a vida. E talvez eu passasse minha existência correndo atrás dessa fantasia. OK, vamos então dar um desconto e aceitar um pouco menos. Ao contrário da física, no mundo espiritual os opostos não se atraem. Portanto, nossa alma gemea é alguém parecido conosco, nas qualidades e, porque não, inclusive nos defeitos.

No meu caso, eu sou tranquilo, adoro trabalhar, adoro esportes, adoro comer, beber, viajar, assistir filmes de ação e viver situações novas. Também sou impaciente, às vezes intolerante e mal educado. Talvez minha mulher seja minha alma gemea, embora como perfil sejamos opostos: ela é apressada (quase afobada), é sedentária (exceto a dança, que ela adora), não curte comer e beber como eu, adora filmes de amor, quando viaja conta os dias para voltar para casa e sempre opta por viver situações de conforto. Então, ora bolas, como é que ela pode ser minha alma gemea? As almas gêmeas não precisam ter personalidades parecidas, mas devem compartilhar os mesmo valores de consciência. E como encontrar nossa alma gêmea?

Imagine dois aviões que precisam se encontrar nos céus. Isso dependeria de 3 coisas:

  1. Eles teriam que estar na mesma na mesma direção; querer as mesmas coisas da vida, com valores e objetivos similares.
  2. Na mesma altitude:  mesmo nível espiritual.
  3. E na mesma velocidade: que é o ritmo que cada um tem para buscar seus objetivos na vida, do contrário um teria que puxar o outro e isto é exaustivo, seria uma coerção que forçaria o parceiro a lhe acompanhar, distanciando-o da Luz.

Quando as almas gêmeas se encontram fortuitamente ao longo das múltiplas encarnações, sempre em função de seu merecimento, elas deveriam procurar alinhar suas rotas para permanecerem juntas. Infelizmente isso é muito difícil (devido a nosso egocentrismo) e raramente acontece por encarnações seguidas. Quando um dia nos colarmos definitivamente à nossa alma gêmea, como dois imãs,  então teremos alcançado a plenitude e nos reintegraremos a Luz Infinita de onde viemos.

Para entender essa questão de alma gemea a gente precisa antes explorar um pouco mais o mecanismo de funcionamento do relacionamento entre homens e mulheres. A mulher é sempre a chave (do sucesso) num relacionamento, porque Deus quando criou Adão e Eva (os princípios masculino e feminino) escolheu um deles para ser o sexo forte: a mulher (embora nós homens continuemos acreditando que somos o sexo fortão). E por que a mulher é o sexo forte? É preciso voltar ao início de tudo para entender…

Na origem da natureza humana, como sabemos, só havia a Luz (Deus) e um Recepiente original. O Recipiente original foi estilhaçado em zilhões de partes (Big Bang) para permitir o ato de receber e compartilhar. O Recipiente se frustraria por receber Luz sem poder compartilhar (Pão da Vergonha). O que não sabiamos é que esses fragmentos estilhaçaram aos pares, com os princípios masculino e feminino, criando as almas gêmeas, que portanto provem de nossa origem ancestral. Deus criou o homem como um simples canal condutor de Luz. Seu papel é captar a Luz do Universo e passar para frente, compartilhando. Mas, compartilhando com quem, com que finalidade? E aí, Deus criou a mulher como um receptáculo, cujo papel é “puxar” a Luz de Deus canalizada pelo homem e direciona-la para um propósito. Qualquer semelhança com o ato de fecundação não é mera coincidência. Sem a mulher, a Luz canalizada pelo homem se perderia no Universo Infinito. E é por isso que se diz que por trás de todo grande homem encontraremos sempre uma grande mulher. Mas Deus foi ainda um pouquinho mais injusto ao criar o homem e a mulher..

A mulher foi a única do par criada com o ambos os atributos, da Luz e do Recipiente, enquanto o homem é um mero canal, que canaliza a Luz do Universo. Isso torna a mulher um ser mais independente que o homem. A mulher é a única do par que tem a capacidade de ser feliz independentemente do homem, bastando que ela busque sua Luz interior. E quando a mulher encontra sua Luz interior ela atrai a Luz desse canal chamado homem. Na verdade, para homens e mulheres, a busca da felicidade deveria ser um ato de imersão para dentro de si mesmos. Ter medo da solidão é tentar buscar a energia, que já está armazenda em nosso íntimo, no exterior. Essa busca, que insanamente todos fazemos, principalmente quando somos jovens, por meio do sexo, da interação com muitos parceiros, das drogas, do poder, do dinheiro, acaba sempre em frustração. A verdadeira busca da felicidade deveria ser uma imersão e isso é ainda mais verdadeiro nas mulheres, que são receptáculos de Luz.

Uma das maiores razões de frustrações na busca da felicidade no exterior é que geralmente achamos que ele será atingida por meio dos sentimentos, e aí está mais um grande paradoxo. Quando buscamos sentimentos no exterior o que encontramos são coisas como dúvida, vitimização, solidão depressão, medo, frustração, histeria, etc, que são os sentimentos que vêem do mundo do 1% e que, portanto, extinguem a Luz. Para se encontrar a Luz interior é preciso que nos envolvamos com aquilo que nos dá prazer e que nunca façamos algo apenas porque julgamos que irá agradar às outras pessoas. Isso é particularmente verdadeiro para as mulheres. Por que?

Porque a busca da felicidade está sempre relacionada à reunião das almas gemeas. Só que o caminho seguido por homens e mulheres na busca da alma gemea é diferente. Os homens, no seu papel de canal, são os que buscam sua alma gemea procurando por sua Luz. Já as mulheres, como receptáculos, devem acender a sua Luz interior para serem encontradas. Ou seja, a responsabilidade pelo encontro das almas gemeas é maior na mulher que precisa antes acender sua Luz interior para que o homem a encontre. Por isso é tão importante que as mulheres busquem sua felicidade interior, sozinhas, para que o seu par perfeito as encontre.

No processo de busca da felicidade e da alma gemea, homens e mulheres deveriam parar de se preocupar com as dificuldades normais do mundo à sua volta, se dedicando e se ocupando em ajudar as pessoas próximas. Quando deixamos de nos preocupar com nós mesmos e passamos a cuidar dos outros nós geramos (mulher) e transmitimos (homem) Luz, o que irá nos aproximar.

E aí chegamos num ponto onde a equação fica mais difícil. Como é essa coisa de encontrar a alma gêmea pela Luz gerada e transmitida? No princípio as almas gêmeas estavam juntas e mais tarde se separaram em função de seus erros. Daí para frente, embora os parzinhos estejam sempre próximos uns dos outros, ao longo de muitas encarnações as metades se aproximam e se afastam em função de seu comportamento errático. Isso significa que ao longo da busca vamos eventualmente nos unirmos à pessoa errada. Infelizmente é o que mais acontece, quando buscamos nosso par apenas pela aparência glamurosa, baseada no estereótipo que desenhamos em nossa mente, usando os velhos chavões: lindo(a), inteligente, divertido(a), rico(a), etc. E o que acontece quando nos unimos à pessoa errada?

Não acontece nada, nada além de uma vida chata e frustrante. Duas pessoas incompatíveis podem passar 50 anos juntas e morrerem ambos frustradas, sem se dar conta que isso poderia e deveria ter sido evitado para não desperdiçar uma encarnação. É por isso que deveriamos sempre agir como um bom patrão em nosso relacionamento: SER MUITO CUIDADOSOS PARA CONTRATAR ALGUÉM, MAS DEMITIR SUMARIAMENTE QUANDO PERCEBERMOS QUE CONTRATAMOS A PESSOA ERRADA. Se é tão difícil encontrar a alma gêmea, e mesmo quando a encontramos muitas vezes a perdemos de novo, não há bom senso em manter um relacionamento com a pessoa errada.

Bem, suponhamos que por mérito próprio, e também porque Deus dá um empurrãozinho, nós encontramos nossa alma gemea. Como rete-la. Aí voltamos à questão da parte forte no par, a mulher. Cabe a ela gerir o relacionamento, visando que perdure. Os homens morrerão infantis e as mulheres já nascem maduras, essa é uma generalização não de todo errada. É por isso que a maioria dos homens insiste em atitudes infantis, que escapam ao bom senso das mulheres, tal como se negar a pedir informações quando estão perdidos. As mulheres precisam compreender que sua linguagem é diferente da dos homens e se comunicar com eles na mesma faixa de sintonia. Uma mulher NUNCA deveria dizer ao homem o que fazer e sim PEDIR que ele faça algo por ela. Nunca diga: bote o lixo lá fora, pendure a toalha molhada caída no chão, abaixe a tampa da privada, etc. Se elas pedissem: “Você faria algo por mim? Me ajude como isso, ou com aquilo”, elas sempre seriam atendidas. E por que?

Por que os homens, como simples canais de transmissão de Luz, buscam sempre a felicidade direcionando sua Luz para as mulheres (que saberão o que fazer com ela). Portanto, é da natureza do homem agradar às mulheres. Uma pena que elas não de dêem conta, ou não acreditem nisso. Ou, outros dirão, sorte nossa caso contrário seriamos seus escravos.

Podemos encontrar nosso par perfeito sem nos darmos conta disso. O amor verdadeiro não nasce pronto, as paixões sim. Paixões porém são luzes intensas e rápidas, como as do curto circuito de uma lâmpada, que brilha mais forte antes de rapidamente se queimar. O amor verdadeiro é construido pelo casal ao longo de uma vida, graças às suas atitudes. E, de novo, a parte maior da responsabilidade cabe à mulher. A mulher não precisa do homem, até certo ponto, para ser feliz, porque como vimos ela é a única do par que tem ambos os atributos, a Luz e o Receptor, enquanto o homem precisa da mulher para canalizar sua Luz. Quando as mulheres se dedicam às pequenas coisas que lhes dão prazer, tais como ler, dançar, estudar, conversar e rir com as amigas, etc, essa atitude  acende sua Luz interior, que, por consequência, atrai a Luz dos homens. Simples como isso: procure ser feliz sózinha que vocâ acabará sendo feliz com seu par, mesmo que não seja sua alma gêmea. A felicidade de uma mulher nunca está no exterior. Quando ela procura felicidade num homem (que representa o exterior) ela se desconecta da Luz, de sua Luz interior, o que acaba afastando-a de seu par.

E será que devemos nos preocupar continuamente em encontrar nosso par perfeito, ainda que isso seja tão difícil? Sim e não. Devemos procurar nosso par pelas nossas atitudes e não pela nossa ansiedade. Quando a gente deixa de se preocupar com isso e passa a se preocupar com as pessoas à nossa volta, quando menos esperamos vamos trombar com nossa alma gêmea. Quando uma mulher estiver satisfeita consigo mesma, com sua vida interior, com sua conexão com o mundo espiritual, quando se convencer de que não precisa dos homens para ser feliz, é exatamente aí que ela exercerá maior atração sobre eles.

Na verdade, para homens e mulheres, a regra é sempre a mesma. Seja obssessiva(o) por encontrar seu par, seja ciumenta(o), possessiva(o) para mante-lo(a) e o(a) perderá. O que atrai homens e mulheres mutuamente é sua auto-confiança. Por isso coisas como ciúme, preocupação de agradar perdendo sua naturalidade, poder (inexistente) de posse são as atitudes mais comuns para não se encontrar, ou para perder alguém. É a tal história, quem acha que tem perde, que acha que não tem ganha. Se quer achar não procure e se quiser reter libere. É difícil, mas é isso, Deus nunca nos disse que viver é fácil. Viver é apenas simples.

(*) Quem se interessar em saber mais sobre o assunto sugiro ler “AS REGRAS ESPIRITUAIS DO RELACIONAMENTO “(Yehuda Berg), onde me inspirei para escrever este post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s