Alexandre Nardoni

É inevitável na semana que corre nos envolvermos emocionalmente com o julgamento dos Nardonis. Rádios, TV’s, jornais e Internet não falam de outra coisa. Daí que de repente toda a população começa a se sentir um pouco na pele do promotor Dr Cembranelli. Como provar a culpa evidente do casal, apenas com provas circunstanciais?

Acompanhando o drama que se desenrola na sala do tribunal começamos a entender as estratégias de promotoria e defesa. A acusação está apostando na força dos indícios. A defesa, na força das falhas dos laudos (peritagem à brasileira, tudo aproximadamente correto). Eu acho que nenhum dos dois lados terá forças suficiente, baseados apenas nos indícios e laudos. O que vai decidir esse julgamento será o clima emocional criado em torno do caso.

Se é assim, eu se estivesse nos sapatos do Dr Cembranelli utilizaria um aspecto emocional, que tem uma lógica inegável e imbatível, e que até agora não foi utilizado pela acusação.

A imagem do Alexandre Nardoni, apontando  a janela do apartamento para o policial militar e conversando tranquilamente, enquanto sua filha, ainda viva, jazia no gramado aguardando a chegada da ambulância é o melhor argumento contra o réu.

Qual seria a atitude de um pai de verdade, inocente e que ame sua filha? Estaria desesperado, chorando, deitado ao lado do corpinho e brigando para carregar a menina em seu carro para o hospital mais próximo! Foi essa a reação da mãe, a Ana Carolina de Oliveira e isso é o normal.

Da mesma forma, durante o julgamento, enquanto as fotos do corpinho de Isabella eram mostradas, Alexandre mostrou extrema frieza. Na entrevista dada ao Fantástico logo após o crime, Alexandre já mostrava essa atitude incompatível com a situação.

Imaginem o impacto que teria nos jurados se o Dr Cembranelli lhes perguntasse qual seria sua reação numa situação análoga e depois mostrasse as fotos do Alexandre na cena do crime? Tenho certeza que ali a ficha cairia, independentemente dos indícios e dos laudos periciais.

Por que o Dr Cembranelli, um ótimo promotor, não usou essa linha de argumentação até agora? Não tenho a menor ideia. Amanhã será o dia dos debates. Aguardo ansiosamente para ver se esse pequeno detalhe será utilizado com o devido peso pela promotoria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s