Feliz Ano Novo (?)

A gente vai para a praia nas noites de reveillon, cheio de esperanças, carregando listinhas de pedidos, fitinhas para Iemenjá, pulamos as tais 7 ondas, e quantas mais crendices cada um possa ter, tudo regado com muita, muita birita. Aí acordamos no dia 1o. com uma bruta dor de cabeça, que aumenta ainda mais quando abrimos o jornal.

Lendo as notícias a gente se pergunta onde foi que se escondeu a nossa esperança de ano novo? Estou exagerando? Nem tanto. Vamos recordar juntos algumas manchetes das últimas duas semanas:

  • Enchentes no RS, SP e RJ. Monte de gente morrendo, perdendo suas casas, suas lavouras, enfim todas as esperanças do ano novo.
  • Gov. Cabral diz que vai retirar na marra as ocupações de risco e no dia seguinte o jornal publica que ele autorizou a ocupação sem licença ambiental da pousada destrída na Ilha Grande.
  • Aeronáutica publica um relatório de 30.000 (?) páginas sobre a avaliação dos jatos de combate que serão comprados pelo Brasil. O modelo escolhido pelos especialistas, com preço 50% menor que os demais, será colocado de lado pelo Presidente, que vai comprar pelo dobro do preço, a pior das três ofertas, em nome de uma suposta aliança estratégica com a França. Leva jeito de uma parceria CUPIN… Pra quem não conhece a expressão, sorry, eu não vou explicar.
  • O Corinthians já decidiu que vai jogar com o Real Madrid, como celebração da conquista da Libertadores (?).
  • O Brasil tem, depois de muitos anos, um deficit em sua balança comercial, mas apesar disso a Bovespa bate recordes sobre recordes.
  • O Kassab aumenta o IPTU em 45%, aumenta passagens de ônibus acima da inflação, aumenta a taxa de controle de poluição, enquanto a cidade se para com congestionamentos e mega enchentes, que escondem as crateras que proliferam pelas ruas da cidade.
  • O Arruda se demite da maçonaria pela segunda vez (a primeira foi quando do escandalo da manipulação do painel do Senado).
  • O Lula na praia carrega na cabeça o isopor, cheio de latinhas de cervejas vazias, enquanto o Brasil se afoga.

Tá bom ou quer mais. Aí a gente pensa: que raio de ano novo é esse? Tá tudo requentado. Isso tudo eu já li. Aconteceu igualzinho na primeira semana de 2009, de 2008, de 2007, etc! Então, o que seria um ano realemente novo para os brasileiros? O gigante em berço esplêndido somos todos nós. Quem dorme há séculos, indiferente às mil e uma cagadas, decisões procrastinadas, mentiras estapafurdias em que fingimos acreditar, corrupções escandalosas que olimpicamente aceitamos, somos todos nós cidadãos (?) brasileiros.

O ano será realmente novo quando decidirmos botar pra quebrar, partir pra briga, virar a mesa e deixarmos de fazer o papel passivo de bonecos de vetríloquo. Claro que o grande ventríloquo nacional é o nosso queridíssimo, respeitadíssimo e amantíssimo presidente Lula. E viva o Brasil, velho de guerra!

Anúncios

Uma consideração sobre “Feliz Ano Novo (?)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s