Escrevendo em technicolor

alphabet-brainMeu negócio é comunicação. Nesse ramo, se você não souber produzir e valorizar um bom texto está morto. Apesar a obviedade da proposição, a maioria daqueles que produzem textos, desde jornalistas, assessores de imprensa, advogados, escritores e até mesmo meros blogueiros, todos têm um certo pudor em escrever de forma simples. Salvo raríssimas exceções, escrever bem é sinônimo de escrever difícil. Se o leitor tiver que acessar o Aurélio para decodificar algum termo não usual, isso será a glória para quem escreveu!(?)

Eu, na qualidade de produtor de textos amador (sou engenheiro), nunca dei muita pelota para a sofisticação e a “elegancia”. Para mim ser elegante é ser entendido. Mais que isso, ser elegante é ser lido, pois textos chatos são abandonados logo no primeiro parágrafo.

Em nossa empresa estamos em campanha perene pela simplificação dos textos produzidos. Nossa campanha pela criatividade visa, acima de tudo, facilitar o entendimento do texto pelo leitor final. Os dois textos abaixo são reais. São parte de um artigo produzido para um cliente de nossa empresa. O primeiro é “cinzento”, escrito de forma bem careta e visando apenas a precisão. O segundo é “colorido”, visando despertar interesse e facilitar o entendimento pelo leitor.

O tema do artigo é One Stop Shop (uma empresa onde você pode comprar um conjunto de itens diferentes, que comporão uma solução integrada para atender a uma certa necessidade). Compare e decida se você prefere escrever na tonalidade “cinzenta, ou “a cores”.

Texto “cinzento”:

“O TI se tornou o coração das empresas de qualquer segmento, agregando facilidades na operação do negócio e complexidade para o departamento de TI. Adquirir soluções abrangentes e integradas se transformou num pesadelo para os CIO’s.

A solução simplificadora é o one stop shop, quando um integrador desenha a solução e busca os componentes de hardware, software e serviços que ofereçam o melhor preço-performance. Com isso os clientes ganham em governança corporativa, em escala de custos e na facilidade de compra e implementação da solução.”

Texto “colorido”:

“Você é daquelas pessoas que procuram simplificar a vida? Ou melhor, tornar os processos da sua empresa mais dinâmicos? Se você respondeu sim a uma destas perguntas, certamente não é um consumidor que chega à praça de alimentação de um shopping e decide comprar cada item que irá compor sua alimentação, em um restaurante diferente. Prefere os famosos “combos”.

No mercado de TI não é diferente. Os clientes dão preferência aos fornecedores que oferecem um caminho integrado para adquirir ativos de TI. Eles sabem que dá trabalho comprar uma solução complexa, composta a partir de vários fornecedores. Como na praça de alimentação, irão preferir o “combo”, ou seja, o one stop shop.”

Se você quiser ler um exemplo ainda mais interessante de texto fluido e criativo, leia o post do Alexandre Inagaki em seu blog “Pensar Enlouquece”, sobre o fenômeno Susan Boyle (a coroa escocesa que inicia uma carreira, aos 47 anos, bombando como cantora)

E aí? Qual seu estilo preferido: PB, ou cor?

Anúncios

2 opiniões sobre “Escrevendo em technicolor”

  1. Oi, Augusto. Cheguei ao seu blog sem querer, mas achei bem interessante. Já salvei nos meus Favoritos.
    Com certeza o texto colorido é bem mais interessante.
    Abraços, Oli

  2. Oi tio! Sem puxa-saquismo, muito bom o texto. TI é muito carente em textos coloridos, normalmente tudo tenta ser explicado em detalhes, mesmo que eles não sejam necessários, deixando na maioria das vezes a coisa preta…

    Abraço!

    Marco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s