And the Oscar goes to…

oscar-academy-awards-thumb4406215

Existem mil razões para se odiar o Oscar, ou o Academy Awards, como pomposamente os americanos preferem chamar. Ao acompanhar a festa do Oscar 2009, na companhia de mais de um bilhão de “tele-idiotas”, fiquei me perguntando porque todo ano eu perco uma noite de sono com um espetáculo tão brega? A verdade é que a festa do Oscar tem lá seus fetiches que nos prendem à tela da TV, mesmo que envergonhadamente. Eis alguns dos meus:

  • O red carpet com suas celebridades (de fato e instantâneas), todas “se achando”, exerce um fascínio irresistível sobre todos nós.
  • Fazer um bolão com os amigos para acertar as barbadas previsíveis é uma outra atração.
  • Olhar a pose dos galas e estrelas nas primeiras filas, com suas “caras e bocas”, também é imperdível.
  • Acompanhar o espírito de porco da vez, que faz um discurso pra secar a pimenteira dos organizadores (defesa de casamento entre gays, salvamento das baleias, proteção aos índios, ajuda à Africa, liberação das drogas, etc) é sempre uma curtição.
  • As roupas breguérrimas das estrelas e estrelinhas são mais divertidas que o Casseta & Planeta.
  • As mancadas da tradutora simultânea também são deliciosas.
  • E o Kodak Theater, sempre com um projeto especial para o Oscar, com sua dimensão e suas cores, é de tirar o o fôlego.

Mas, o Oscar em sí é uma festa patética, que bem demonstra de que é feita a decadente sociedade americana: mau gosto, hipocrisia e ultra-conservadorismo. Para quem assistiu ao Oscar deste ano, vale lembrar alguns dos absurdos, chatices e injustiças ocorridos:

  • Após longos anos de Billy Cristal (aceitável), em 2009 inventaram um tal de Hugh Jackman (denominado o homem mais sexy do mundo!?) para ser o apresentador. O tal do Hugh “Mala” é um cruzamento de Fred Astaire com Steve Martin (em seus piores momentos). Intragável, até para os padrões mais babacas dos americanos.
  • O melhor filme do ano (na minha opinião e de muita gente), “Batman o Cavaleiro das Trevas”, não foi nem indicado, por puro preconceito. O filme ganhador, “Quem quer ser um milionário” é uma historinha ingênua,resultante do cruzamento entre Hollywood e Bollywood.
  • A melhor atriz, Angelina Jolie por “A Troca”, também passou longe, graças ao preconceito (tomou o Brad da ex-esposa, a Jeniffer Aniston, e isso Hollywood não perdoa). A excelente Kate Winslet, ganhadora por “O Leitor”, deveria ter ganho por “Foi Tudo um Sonho”, onde esteve soberba.
  • O Heath Ledger, melhor ator coadjuvante, apesar de excelente como o Coringa, foi uma concorrência injusta, já que morto era imbatível.
  • O prêmio de consolação para o Jerry Lewis, aos 81 anos, mostra o quanto Hollywood foi injusta com seu melhor comediante pastelão.
  • O filme que o povão mais amou neste ano, “O Curioso Caso de Benjamin Button”, não ganhou nada significativo.
  • E a grande injustiça da noite. O Mickey Rourke em “O Lutador”, numa história quase que auto-biográfica, esteve sensacional e foi perder logo para um papelzinho besta e previsível, onde o Sean Penn faz um improvável homosexual (justo ele que sempre primou pelos papéis de machão). Mais ou menos como dar um Kikito para o Antonio Fagundes num papel de bicha. • Como sempre, os discursos e os números musicais estiveram pra lá de boring.
  • Finalmente, pra fechar com chave de ouro, e pra provar que nós brasileiros também somos bons na ruindade, o Rubens Ewald Filho, querendo nos mostrar que sabe tudo de Hollywood e nos impedindo de ver o que rola no tapete vermelho, é um autêntico chato. Por essa razão ele continua fazendo a cobertura, ano após ano. Combina com o Oscar.

Por tudo isso, por todas essas incongruências tão espetaculares, é que não perco a festa do Oscar. No ano que vem estarei de novo grudado na telinha, só pra poder meter o pau no dia seguinte!

Anúncios

2 comentários em “And the Oscar goes to…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s