Tributo aos Pais

Caucasian man feeding toddler son on lap in kitchen.  stock photoSempre que posso, aos sábados pela manhã, vou até a Seara Bendita (um Centro Espírita) assistir a uma palestra inspiradora. Na manhã de hoje o tema escolhido, de forma previsível, foi sobre o papel dos pais (hojé é véspera do dia dos pais). O palestrante do dia foi o Maher, o melhor dentre os excelentes palestrantes da Seara. Ele iniciou sua palestra relembrando um trecho do Evangelho, onde Jesus esclarece a seus apóstolos que eles são “seu pai, sua mãe e seus irmãos”. Meus dois pais (o Augusto, biológico, e o Benedicto, adotado, meu sogro-pai) já se foram e me restou fazer uma prece de agradecimento a ambos, que me legaram uma maravilhosa familia.

Hoje, eu tenho “cinco pais”: a Ju e o Lu, meus dois filhos biológicos, o Eid e a Marina, meus dois filhos herdados (pela escolha de meus filhos naturais) e a Lygia (minha esposa e meu pai de plantão). Vou usar meu post de hoje para render um tributo a meus cinco pais, muito diferentes entre sí, mas todos me oferecendo algum ensinamento a cada dia em que convivemos.

Comecemos pelo Lu, aquele que mais difere de mim. Somos água e vinho. Eu tenho certeza que ele vai se surpreender com isso, mas é com ele que eu mais aprendo, exatamente por sermos muito diferentes. O Lu é impaciente e ansioso. Mas, ao mesmo tempo, é determinado ao extremo, não desiste nunca, e quando quer algo parte para cima, de uma forma tal, que o mundo se rende e entrega os pontos. Ele também é compassivo, tem um coração que não cabe no peito e o tempo todo se preocupa e se ocupa do provimento de todos aqueles que o cercam. O Lu é honesto de forma absoluta, odeia a ostentação e tem enorme apreço pelos humildes e despossuidos. Ele é minha referência moral e o amo de forma irrestrita, independentementedade de nossos gênios serem diferentes.

A Ju também é muito especial. Aos trinta e um anos, a Ju tem uma sabedoria que eu gostaria de ter aos sessenta e dois. Ela gerencia tudo à sua volta com calma absoluta, nunca se precipita, nem perde o controle. Sob sua supervisão tudo parece muito simples e fácil. Acompanhar sua gravidez e seu parto foi para mim um exercício de aprendizado, sobre como manter a calma, o autocontrole e a segurança, de forma absoluta. Ela gere sua casa e seu negócio com a tranquilidade de quem sabe exatamente o que está fazendo. Como o Lu, a Ju também é humilde, respeita e cuida das pessoas à sua volta. Se existe algo que eu admiro e respeito no Lu e na Ju, é a atenção que ambos dedicam a todos que os cercam.

O Eid, um dos meus pais adotados. Ele é aquele que mais se parece comigo. Ambos somos workaholics e adoramos viver intensamente. O Eid, mais que meu filho/pai, é um companheiro de comer bem, degustar um bom vinho e jogar papo fora. Com o Eid aprendo todos os dias de que é feito um grande empreendedor: de visão, coragem e muito trabalho. A característica que mais me impressiona no Eid é seu cuidado e seu perfeccionismo com os detalhes. E ele consegue ser tudo isso, mantendo a humildade, cuidando e respeitando a todos que o cercam.

A Marina é minha filha/pai caçula, a última que chegou, graças ao Lu. Ela é uma gracinha. Aparentemente frágil, a Marina é segura. Por trás de seu sorrizinho meigo se escondem uma determinação e um pensamento analítico, dignos de um executivo maduro. A Marina é a dona de seu destino e sabe extamente aonde quer chegar. Certamente, ela e o Lu vão se complementar de forma maravilhosa.

E, por fim, resta a Lygia. Ela é meu pai e minha mãe, minha luz nos momentos de escuridão. Sem dúvida ela sempre foi e continua sendo a bússola dentro de nosso lar. A Lygia é a referência de nossa familia, nosso porto seguro, nos momentos de insegurança e dificuldades. Se somos hoje uma familia unida e com valores solidamente estabelecidos, muito disso devemos à ela.

Hoje é sábado, véspera do Dia dos Pais. Quero aproveitar a oportunidade para agradecer aos meus cinco pais e à Deus, pela oportunidade de a cada dia para aprender com eles.

Feliz Dia dos Pais a todos vocês. E que quem não tiver um pai por perto, sempre haverá alguém à sua volta que lhe possa ensinar algo.

Anúncios

2 comentários em “Tributo aos Pais”

  1. Pai / Imperator,

    Nós também te admiramos e aprendemos muito muito com você. Aprendemos a ser intensos a cada minuto, a viver o agora como se fosse nosso último dia, aprendemos a nunca deixar nada pra amanhã… Adoramos dividir os mais diversos momentos com você como:
    – sair pra jantar num restaurante aconchegante e tomar um bom vinho,
    – ir para a praia para curtir um sol, um churrasco, um pokerzinho de vez em quando,
    – fazer uma viagem de férias pro nordeste onde tem o dia do 1 e o dia do 2,
    – jogar papo fora na varanda fumando charuto,
    – assistir uma picture (geralmente chata) depois do jantar onde todo mundo vai dormir e você fica dormindo no sofá só pra não reconhecer que escolheu um filme péssimo,
    – sair para almoçar num domingo sem ter definido o local e ficar discutindo o que comer no caminho,
    – assistir qualquer porcaria na TV apenas porque agora a transmissão é digital,
    – aguardar no elevador panorâmico da praia enquanto você ensina técnicas de Kama Sutra para as tartaruguinhas da vizinha,
    – ver você competir (e ganhar) dos nossos amigos Salles e Aléssia e voltar todo quebrado, mas sem passar recibo,
    – finalmente ver você quebrando regras e desrespeitando leis (um brinde a boa bebida !!!)

    Resumindo adoramos viver ao seu lado.

    Um super beijo

    Eid e Ju

  2. Pai qualquer um tem. Mas nos tempos de hoje, poucos tem um Imperador dentro de sua casa!

    Não basta ser pai para entender um filho como eu. Tem que ser muito amigo, evoluído, paciente e a cima de tudo um professor disposto a ensinar um aluno que dificilmente quer aprender até o 2º tempo da recuperação.

    Ser diferente não é ruim, pelo contrário, por toda minha vida aprendi que ser diferente, me traria muito mais aprendizados do que se fossemos iguais. Justamente esta nossa diferença faz com que eu escute e aprenda seus grandes ensinamentos, mesmo que eu sempre finja que você está dizendo uma grande bobagem, é questão de tempo para você ver eu corrigindo meus erros, melhorando e evoluindo. Geralmente você e minha mãe, estão envolvidos em minhas mudanças, claro sempre em off, pois nunca irei admitir que melhorei com a ajuda de alguém.

    Claro que você tem grandes defeitos como: se desligar do mundo enquanto as coisas estão acontecendo a volta, jogar sodoko na escada enquanto todo mundo quer passar, ou mesmo marcar algo e não chegar na hora, mas isto é besteira perto de suas grandes qualidades, até pq não sou o mais indicado para criticar, pois apesar de sermos diferentes os defeitos eu puxei quase que a risca.

    Mas se pensarmos bem chegaremos a conclusão que na verdade somos iguais, por isso é que a gente bate tanto a cabeça em uma discussão.

    Coração grande se eu tenho pq um dia observei aquele Augusto que só viajava, arrumar um tempo para concertar a dentadura do mendigo que sempre cuidava do seu carro no ibirapuera, ou quando você resolvia ajudar as pessoas mais erradas e sem pedir nada em troca, mesmo sabendo que nunca iria ser reconhecido pela ajuda.
    Sendo assim talvez sejamos muito parecidos e por isso incompatíveis, mas isso não é um problema, a gente tem uma família perfeita, que sempre se apoiou na chuva ou no sol e se tem uma coisa que falo pra todos de boca cheia, é que tenho o melhor pai do mundo que achou a melhor mãe do mundo para seus filhos.

    Mãe e pai a gente não escolhe e se tem uma coisa que eu todas as noites agradeço a Deus quando rezo, é por ter me privilegiado tanto com o capricho em escolher minha família.

    Amo você sendo igual ou diferente de mim, afinal os opostos se atraem.

    Bjs Lu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s